Índia é o segundo maior mercado do universo dos animes para a Crunchyroll

Na indústria global de animes, a Crunchyroll India se destaca, sendo percebida como o segundo maior mercado de animes, superada apenas pelos Estados Unidos.

Acredita-se que esta subsidiária da joint venture entre a Sony Pictures Entertainment e a Aniplex possa impulsionar 60% do crescimento global no segmento de animes nos próximos anos.

Estabelecida sob a alçada da Sony Group Corp, com sede em Tóquio, a Crunchyroll é uma entidade independente. “A Índia ainda está se desenvolvendo como um mercado para nós, mas já é possível perceber um forte interesse por animes em todo o país, não apenas em áreas urbanas, mas também em cidades de menor porte.

O anime se estende além do fenômeno metropolitano”, afirma Rahul Purini, presidente da Crunchyroll India.

A Crunchyroll está acessível como um serviço D2C (direto ao consumidor), disponível tanto na web quanto em aplicativo, com opções de assinaturas pagas e gratuitas financiadas por anúncios.

A plataforma detém atualmente 500 programas e 3.800 horas de conteúdo voltado para o público indiano, com planos de incrementar 20 a 30 novos programas a cada trimestre, globalmente.

Com mais de 24.000 horas de conteúdo disponíveis em escala global, a Crunchyroll India oferece duas opções de assinaturas, de ₹ 79 e ₹ 99, ambas mensais, além de um período de avaliação gratuito de duas semanas. A assinatura de maior valor proporciona vantagens adicionais, como acesso offline e transmissões simultâneas ampliadas.

Em termos de assinantes globais, a Crunchyroll possui cerca de 11 milhões de assinantes pagos. Na Índia, embora não revele números específicos, estima-se que 118 milhões de usuários consumam animes em plataformas lineares e digitais, dos quais 53 milhões recorrem a fontes oficiais e 20 milhões pagam pelo conteúdo.

“O anime não é um gênero para nós, é um meio que atende a crianças e adultos. Nossos principais públicos-alvo são adolescentes, jovens adultos e adultos, especialmente aqueles com 16 anos ou mais”, explica Purini.

Investimento para os cidadãos indianos

Além disso, ele também observa que a demografia do público da Crunchyroll India difere dos EUA, onde a divisão de público entre homens e mulheres é de 50:50. Na Índia, a proporção é de 60:40 a favor dos homens. A maioria do público assiste por mais de 60 minutos e a dublagem em hindi é duas vezes e meia mais popular que a dublagem em inglês.

Pensando no público indiano, a Crunchyroll está investindo em mais dublagens em hindi, além de experimentos com outros idiomas locais, como tâmil e telugu. O anime japonês, representado por filmes como Suzume e programas de TV populares como Doraemon, Shin-Chan e Naruto, está encontrando cada vez mais público na Índia.

Por fim, a Crunchyroll India está focada em proporcionar uma programação especificamente alinhada ao seu público. “Ao invés de ser algo para todos, queremos ser tudo para alguém”, declara Purini, ressaltando o compromisso da empresa em expandir para além do streaming, incluindo filmes, vestuário, mercadorias, eventos e jogos.

Além disso, a empresa, conhecida por seu extenso negócio de licenciamento e merchandising global, planeja explorar essa área na Índia com parceiros locais, alavancando ainda mais o crescimento da Crunchyroll India no mercado de animes.

Mas e aí, sabia da grandiosidade da Crunchyroll India?

Por fim, siga o Popular Anime no Google News para receber todas as notícias de anime e muito mais e confira mais notícias de anime e cosplay aqui no site!

- Publicidade -

últimos posts